Os 6 passos do manipulador para a idealização

A fase de idealização em um relacionamento psicopata será algo como você nunca antes experimentou. Você vai ser arrebatada(o), e se perderá em uma fantasia passional com alguém que te emocionará e te excitará em todos os níveis: emocionalmente, espiritualmente e sexualmente. A pessoa será a primeira coisa na sua mente de manhã quando você acorda, enquanto você está à espera das mensagens de whatsapp divertidas, engraçadas e carinhosas para você começar bem o dia. E em pouco tempo, você estará planejando um futuro com ela, e esquecendo da monótona e sem-graça realidade da vida. Nada disso importa mais. Essa é a pessoa com quem você quer passar o resto da sua vida.

Enquanto tudo isso está entrando no seu coração, os pensamentos dela estão ocupados com algo completamente diferente: “Ótimo, está funcionando”

Psicopatas nunca sentem de verdade as coisas que demonstram. Eles estão te observando, espelhando cada uma das suas emoções e fingindo que estão surfando essa alta onda com você.

Porque quanto mais alto você subir, mais baixo você vai cair.

A idealização é o primeiro passo no processo de grooming de um psicopata. Também conhecida como bombardeio de amor, ela rapidamente abaixa a sua guarda, destranca o seu coração, e modifica a química do seu cérebro para te deixar viciada(o) aos hormônios secretados pelas áreas cerebrais responsáveis pelo prazer. Esses hormônios começam a disparar em grande intensidade. O lisonjeio e os elogios excessivos agem nas suas mais profundas vaidades e inseguranças, qualidades que você provavelmente nem sequer sabe que possui. E o psicopata vai constantemente te alimentar de elogios, aplausos, “admiração” e atenção através do seu telefone, Facebook e email. Em uma questão de semanas, vocês dois vão ter seu conjunto próprio de piadas internas, apelidinhos carinhosos e músicas. Olhando para trás, você vê agora o quão insana foi a coisa toda. Mas quando você está no meio disso, você não consegue nem imaginar a sua vida sem ele (ela).

Como foi que ele (ela) fez isso?

Além dos presentes e poemas, o psicopata usa toda uma gama de técnicas de lavagem cerebral para te conquistar. Ele (ela) vai enfatizar 6 pontos principais durante o processo de idealização:

1. Nós temos tanta coisa em comum

Nós enxergamos o mundo da mesma forma. Nós temos o mesmo senso de humor. Nós dois somos tão empáticos, constantemente ajudando nossos amigos e familiares. Nós somos perfeitos um para o outro.

O psicopata repetidamente martela esses pontos, muitas vezes inclusive chegando a dizer “nós somos praticamente a mesma pessoa”. Ele gasta a maior parte da fase de idealização ouvindo você e animadamente respondendo que ele se sente da mesma forma. Você vai até pensar eventualmente que ele é a única pessoa que você vai conhecer na vida que é tão parecida com você. E você está certa(o). Porque é completamente impossível (e seria aterrorizante) que duas pessoas sejam idênticas em tudo.

Pessoas normais têm diferenças. É o que deixa a vida interessante. Mas os psicopatas conseguem pular essa “complicação” porque eles não têm uma identidade. Eles não têm um sentido próprio. Eles não têm experiências de vida que forjam as necessidades, inseguranças e fantasias deles. Em vez disso, eles roubam as suas. Como um camaleão, eles vão transformar cada parte da personalidade deles para se transformar no seu par perfeitoi

2. Nós temos as mesmas esperanças e sonhos

O psicopata vai consumir a sua vida presente, mas vai também invadir seu futuro. Para conseguir aumentar o que está em jogo e a importância do relacionamento, eles vão fazer várias promessas de longo prazo. Isso assegura que você esteja comprometida(o) dos pés à cabeça no relacionamento. Afinal, quem quer ficar se mantendo em um relacionamento que não tem potencial de futuro?

Muitas vezes, o psicopata leva isso um passo mais longe, discutindo rapidamente eventos importantes da vida, como casamento ou ir morar juntos, principalmente se esse for o seu sonho, se isso é importante pata você. Essas são decisões que tipicamente levariam anos em uma relação saudável. Mas você não precisa de todo esse tempo. Você já sabe que vai passar o resto da vida com essa pessoa. Se você sempre sonhou em ter uma família e filhos, ela vai se encaixar perfeitamente nesse papel. Se você quer começar seu negócio próprio, ela vai ser o seu braço direito. Se você está em um casamento infeliz, ela vai ter o plano perfeito para substituir o seu cônjuge. E você começa a notar que esses planos sempre parecem envolver algum tipo de sacrifício da sua parte, nunca da dela.

3. Nós compartilhamos as mesmas inseguranças

Eles nunca vão falar isso, claro. Mas psicopatas podem farejar vulnerabilidades em um segundo. Eles vão espelhar as suas inseguranças para conseguir a sua simpatia, para que você tente curar os problemas deles com a mesma dedicação que você espera receber para você.

Pessoas empáticas não são atraídas para puxação de saco descarada e auto-confiança excessiva. Você se atrai pela pessoa inocente, que te entende. Isso aumenta exponencialmente quando você também reconhece as inseguranças de uma pessoas como as suas próprias. Você vê alguém se sentindo inferior, e você acredita que você sabe como fazer a pessoa se sentir melhor.

O psicopata é como ninguém, porque ele genuinamente parece adorar todos os esforços. Ele te compara com as(os) ex, e te idealiza por sobre todas as outras pessoas. É como se toda a sua energia finalmente tivesse um propósito, depois de muito provavelmente ter se frustrado com as intermináveis e desconsideradas reclamações dos outros.

Se você vê o psicopata sob uma luz de compaixão, seus instintos naturais aparecem, e você faz tudo o que está ao seu alcance para provar o quanto você se importa. Psicopatas vêem inseguranças de uma forma bem diferente: uma ferramenta para manipulação e controle. Essa atuação infantil de coitadinho dele é a forma perfeita de mascarar essas intenções.

4. Você é linda(o)

Psicopatas são obcecados com a sua aparência. Você nunca vai encontrar outro ser humano que comente tão frequentemente das suas roupas, do seu cabelo, da sua pele, das suas fotos, ou qualquer que seja a qualidade superficial que eles escolheram focar nesse dia. No começo, isso parecem elogios. Eles não conseguem acreditar o quão linda ou lindo você é, eles não são nem dignos de serem o seu par. Eles andam pelo parque e não conseguem achar ningém mais atraente que você (o que faz disso um elogio, eu realmente não sei).

Se deixando levar pelo ponto acima sobre inseguranças, você começa a retornar todos esses lisonjeios. Você quer ter certeza de que eles se sentem adequados, de que eles entendem que você também os acha atraentes. E é justamente esse o objetivo deles. Te inundando de elogios, eles sabem que eles podem esperar que essa adoração rebata logo de volta a eles. De repente, eles ficam totalmente confortáveis mostrando fotos deles para você (inclusive fotos da infância). O relacionamento deles com você se torna uma troca sem fim de elogios e aprovação.

Você começa a colocar a sua auto-estima nas palavras deles, porque elas são tão positivas e de uma fonte de tanta confiança. Você consegue inclusive se sentir radiante. O seu corpo se modifica com o aumento da sua auto-confiança levado por cada uma das palavras deles. Você passa cada vez mais tempo melhorando a sua aparência para mantê-los impressionados.

5. Eu nunca na vida tinha me sentido desse jeito antes

É aí que começam as comparações. Eles te têm em alta conta, muito acima de todos os outros relacionamentos deles. Eles explicam – em detalhes – cada uma das razões pelas quais você é melhor que as / os ex deles. Eles não conseguem lembrar a última vez que foram tão felizes.

Você passa a ouvir declarações avassaladoras, como “Eu não consigo acreditar o quanto eu sou sortudo”. Afirmações dessas jogam com o seu desejo inato de fazer as outras pessoas felizes. Eles tem convencem de que você está dando a eles uma espécie de felicidade, algo que eles não conseguem encontrar em mais ninguém. Isso se torna um ponto de orgulho para você: saber que você é quem eles escolheram, apesar de todas as outras admiradoras (es).

O psicopata se refere a você como “perfeita”, e “impecável”, “sem defeitos”. O que depois vai se tornar uma esmagadora fonte de dissonância cognitiva quando as palavras inevitavelmente mudarem para “louca” e “ciumenta”. Quando estiver analisando essas lembranças, lembre que que os elogios deles sempre foram superficiais e calculados. Eles fazem isso com todo mundo. Para cada alvo, a fase de idealização vai ser diferente. No entanto, uma coisa permanece verdadeira através de cada uma dessas relações: eles de fato “nunca na vida se sentiram desse jeito”. Psicopatas não sentem na verdade o amor e felicidade que eles tão frequentemente proclamam sentir. Eles oscilam entre desprezo, inveja e tédio. Nada mais.

6. Nós somos almas gêmeas

Psicopatas amam a idéia de de almas gêmeas. Isso implica algo diferente de amor. Isso diz que existem poderes mais fortes em jogo. Que vocês nasceram para estar juntos. Isso significa que eles vão consumir todo o seu ser – mente e corpo. Isso cria um laço psíquico que perdura por tempo ainda, muito depois que o relacionamento acabou.

Talvez exista uma parte dentro de todos nós que deseje encontrar uma alma gêmea. A pessoa perfeita para completar as nossas vidas. Alguém com quem nós possamos complartilhar tudo – um amante e melhor amigo.

E não tem nada de errado com isso. Vamos frisar bem. Psicopatas vão manipular os seus sonhos e fantasias, mas isso não faz dos seu sonhos pontos fracos. Depois de ser descartados por um psicopata, muitos sobreviventes condenam tudo sobre a própria vida até o momento, levantanto uma guarda permanente para se proteger de mais abuso.

Por favor, não faça isso.

Se você acredita em almas gêmeas, você vai achar a sua, uma real. Você vai encontrar uma pessoa que é cheia de compaixão, gentileza e bondade. Você nunca vai questionar seu coração por causa dela. Seu amor vai desabrochar sozinho, sem toda essa intensidade artificialmente fabricada. O psicopata não era a sua alma gêmea, e nunca será. Para ser a sua alma gêmea, ele precisaria, obviamente, ter uma alma.

– texto original de Peace, do livro Psychopath Free, disponível online (em inglês) em:http://Book.PsychopathFree.com