E se ele me contatar de novo?

Muitos comentários de pessoas que ainda estão na fase inicial de recuperação giram em torno da mesma pergunta. E se ele/ela me contatar de novo, o que eu faço? E mais frequentemente do que não, esse pergunta vem acompanhada de sentimentos nos quais você não deveria estar focando:

– a esperança de que dessa vez o indivíduo mudou, possa estar arrependido(a), e vocês possam reatar.
– a perspectiva de uma oportunidade de vingança, na qual você “fará a pessoa se apaixonar por você, para aí ser você quem dá o fora”
– a tentativa de ter um diálogo maduro e adulto onde os dois dirão o que pensam, o que sentem, e se despedirão partindo em caminhos diferentes, mas ainda mantendo aquele respeito civilizado, e você finalmente, aberta(o) a ouvir, terá as respostas que tanto necessita.

Então aqui vão 5 coisas que você PRECISA saber se ele (ela) tentar entrar em contato com você, na esperança de que isso diminua a sua ansiedade sobre situações futuras que possam ou não acontecer, e esperando também que isso ajude na SUA recuperação.

1. Pegue todos esses pensamentos, conceitos e ideias que você tem sobre consideração e respeito básicos, civilidade e regras sociais que você aplica quando está se comunicando com pessoas normais, e jogue-os pela janela. Essa não é uma pessoa normal, e portanto as regras de normalidade não se aplicam.

2. Não ache que você é a primeira pessoa na vida que fez isso com ele /ela. Se ele ela tiver a oportunidade, ele ela fará com que você se sinta dessa maneira, mas é ALTAMENTE duvidoso esse ser o caso.

3. Não importa como o relacionamento acabará, tanto se for agora como se for no futuro, sempre vai ser “por culpa sua”. Não pode ser “culpa” de mais ninguém, já que, como eles não sentem empatia ou culpa, SEMPRE vão procurar outra pessoa para culpar. Ou seja, você. Edulcorar o descarte não vai te ajudar em nada, tentar conversar com ele\ela e entender não vai ajudar em nada, e ser legal e boazinha\bonzinho não vai ajudar em nada. A única coisa que isso vai gerar é a oportunidade de ele\ela te drenar ainda mais com outro Conto de Pena. E se você brigar com ele\ela, ou apontar para o fato de que ele\ela vai fazer isso, é só mais combustível para o fogo. A melhor forma de apagar o incêndio no caso de um\uma psicopata, é deixar queimar sozinho até se extinguir por conta. E qualquer pessoa que ouve para a merda que ele\ela disser sobre você NÃO É DIGNA DO SEU PRECIOSO TEMPO.
*Edulcorar o descarte = fazer com que essa fase horrível do abuso pareça menos horrível, dando desculpas a si mesma\o e aos outros, tentando “compreender” o ser tão “problemático e especial”, assumindo parte da culpa, etc.

4. ROCHA CINZA é apenas para pessoas que PRECISAM se comunicar com o\a P, por questões de trabalho, porque compartem crianças. O seu plano deve ser CONTATO ZERO. Silêncio sepulcral. Sabe como os prédios colocam aquele plano de escape ao incêndio? Ele\ela é seu possível incêndio. E se acontecer, você deve saber seu plano. Seja ter cruzado com ele\ela na rua, ou acidentalmente atender uma ligação, pare, se acalme, respire, e coloque os pensamentos em ordem antes de fazer qualquer coisa. Você não tem obrigação nenhuma de reconhecer a presença de ninguém imediatamente, em momento algum. Uma vez tendo seus pensamentos em ordem, você simplesmente sai andando sem dizer palavra, ou desliga o telefone. Ter um plano de escape bem colocado te ajuda a diminuir a ansiedade e a preocupação. E assim como as máscaras de oxigênio e os coletes salva-vidas do avião, esperamos que você nunca tenha que usar, mas está lá caso você precise.

5. Você tem todo o direito de criar um espaço seguro à sua volta, immpedindo qualquer espécie de predadores e gente tóxica de se aproximar. Você tem todo o direito de mudar de opinião sovbre qualquer decisão que você faz, em qualquer dado momento. Quando você quis “um tempo de 2 meses”, você não tinha toda a informação que você precisava para tomar uma decisão com base na verdade. Você estava tomando essa decisão com base na sua percepção da realidade naquele momento. Agora você tem a verdade. Se alguém viesse me dizer que eu ia ter uma morte horrível e cheia de sofrimento, e eu tivesse prometido a mim mesma\o pular de uma ponte daqui a 2 meses com base nessa informação, e tivesse descoberto depois que era total mentira e que eu sequer ia morrer agora, você acha que eu manteria minha promessa? Óbvio que não. Sua decisão é agora inválida e sem efeito, porque estava baseada em mentiras. Você não deve a ninguém uma explicação sobre seus motivos, e menos ainda ao predador que fez com que você estabelecesse limites para início de conversa. E você jamais tem que se sentir culpada\o a respeito. Limites vão te salvar de mais abusos.

Tome uma decisão mental de continuar fazendo contato zero, e faça o upgrade para Contato Zero Para Todo o Sempre. Não importa o que ele\ela está fazendo ou pensando. A opinião dele\dela é irrelevante para a sua recuperação. Você trabalhou tão duro na sua recuperação, eu não quero ver você sugada\o de volta para esse inferno.

Abraços ❤

***traduzido de um post anônimo do FORUM do site psychopathfree.com, que encontra-se fechado permanentemente para novos membros.***

Foto:
ARTHUR YAO